Post fixo

Filme: “Mulheres do Século XX”

Adoro ir ao cinema na hora do almoço, nas primeiras sessões do dia. Há alguns anos não fazia isso, mas essa semana cansei de ficar em casa, depois de uma semana doente e com febre, e resolvi assistir a um filme aqui perto de casa. Antigamente, costumava saber o que estava em cartaz toda semana. O que ia estrear, o que valia a pena e … Continuar lendo Filme: “Mulheres do Século XX”

12 coisas pra fazer em 2017 – Parte 1

1 – Aumentar o tamanho dos sonhos Quando a gente é criança, não vê limites em nada. Quer ser astronauta, piloto de avião jogador de futebol ou morar num castelo. Aí, ficamos jovens e queremos viajar pelo mundo, morar em lugares diferentes, conhecer pessoas, trabalhar em algo que faça a diferença. Depois de adultos, com chefe, cartão de ponto e boletos pra pagar, só quer … Continuar lendo 12 coisas pra fazer em 2017 – Parte 1

O dia em que acordei com peitos que não são meus

*Texto escrito da Oficina de Escrita Criativa da Clara Averbuck Nunca quis colocar silicone. Mesmo quando tive aquele namorado babaca que insistia que mulher ideal era magra com peitão e que se eu colocasse pelo menos 300ml, afinasse o nariz, clareasse o cabelo e começasse a malhar, ficaria perfeita. Eu gostava do tamanho dos meus peitos. E gostava da variação normal de tamanho, de acordo … Continuar lendo O dia em que acordei com peitos que não são meus

banheiro publico

O que os banheiros dizem sobre a gente

No último final de semana de 2015, durante uma viagem de carro entre São Paulo e Rio de Janeiro, conversei com o meu marido sobre como nossa linguagem reflete diretamente a forma como a sociedade está estruturada, a nossa cultura e as relações de poder. O assunto era a influência que o uso de palavras no masculino e no feminino tem sobre como a gente … Continuar lendo O que os banheiros dizem sobre a gente

Cinco livros pra ler depois de Cinquenta Tons de Cinza

Cinquenta Tons de Cinza causa reações de amor e ódio nos leitores. Eu só li o primeiro livro da trilogia, em inglês, quando ainda não tinha sido lançado no Brasil, e não consegui parar um minuto até terminar. Isso não significa que tenha achado uma obra-prima. Mesmo lendo no original (e não a tradução que sabemos que muitas vezes fica tosca), achei o livro mal escrito, … Continuar lendo Cinco livros pra ler depois de Cinquenta Tons de Cinza

milan kundera a festa da insignificancia

Protagonistas, elenco de apoio e nossa luta diária para vencer o mal

Acho gozada essa mania que temos de achar sempre que nossa vida é como uma novela, um filme ou um romance, onde somos os protagonistas e toda a trama e os outros personagens giram ao nosso redor, dependem das nossas ações e devem reagir a elas. Não estou falando do protagonismo no sentido de agir, de tomar as rédeas da nossa existência, de fazer acontecer, … Continuar lendo Protagonistas, elenco de apoio e nossa luta diária para vencer o mal

Resenha: O professor do desejo, Philip Roth

Você já se apaixonou por um personagem? Isso aconteceu comigo ao ler ‘O professor do desejo’, de Philip Roth, que conta a história de David Kepesh desde sua infância, quando vivia no hotel de propriedade de seus pais judeus em um destino popular entre famílias de empresários de Nova York, até a vida adulta, quando se torna um professor de literatura comparada em universidades americanas. … Continuar lendo Resenha: O professor do desejo, Philip Roth

Resenha: Não sou uma dessas (Lena Dunham)

O primeiro livro que li em 2015 foi ‘Não sou uma dessas’, da Lena Dunham. Não era um livro que eu estava procurando e nem esperando ansiosamente ser publicado, mas quando vi na livraria resolvi comprar por dois motivos: primeiro, a capa é bonita e me chamou a atenção, segundo, vejo muita gente falando (bem e mal) sobre ela e sobre o trabalho dela na série … Continuar lendo Resenha: Não sou uma dessas (Lena Dunham)